Granulômetro Granulômetro Granulômetro

       




A Embrapa Suínos e Aves, empresa de pesquisa vinculada ao Ministério da Agricultura e do Abastecimento localizada em Concórdia (SC), e a Perozin Indústria Metalúrgica Ltda receberam durante a Expointer 2001, feira agropecuária realizada em Esteio (RS), o Prêmio Gerdau Melhores da Terra 2001. As duas empresas apresentaram na Expointer o Granulômetro Embrapa/Perozin, equipamento que vai ajudar os produtores de aves e suínos a prepararem melhor a ração e melhorar o desempenho dos animais. O equipamento acabou premiado na categoria novidade do Prêmio Gerdau Melhores da Terra 2001. O tamanho correto das partículas do milho é fundamental para uma mehor produtividade, pois, se a moagem do milho for muito fina, poderá causar úlceras nos suínos, além de consumir mais energia elétrica. Se as partículas estiverem mais grossas do que o ideal, irão diminuir a ação das enzimas presentes no trato digestivo, piorando a digestão e conseqüentemente a conversão alimentar.Já na alimentação de aves, a moagem poderá ser mais grossa, economizando, assim, energia elétrica.

Para saber o tamanho médio das partículas do milho, foi criado um valor chamado de DGM. O DGM é o diâmetro geométrico médio das partículas, o qual, no Granulômetro, pode ser lido numa escala dada em centímetros e afixada junto ao equipamento. Esse valor em centímetros é convertido, com o auxílio de uma escala colorida, para DGM em seguida, apontando o tamanho das partículas. Assim, o produtor pode ver o DGM na escala colorida, que tem três cores e é diferenciada para suínos e aves. O vermelho indica que o milho está fora da faixa de aceitação de uma boa moagem. O amarelo indica que o milho é aceitável em sua finura, mas poderia ser melhor moído. E o verde aponta que a moagem está dentro do ideal.

Hoje, o tamanho das partículas é medido empiricamente, com grande possibilidade de erro. Ou por meio de laboratório e formas matemáticas complicadas, de difícil aplicação para o produtor. A EMBRAPA Suínos e Aves estudou o tamanho ideal das partículas do milho moído. A conjugação das conclusões das várias pesquisas desenvolvidas na Unidade, com o apoio da EMBRAPA Instrumentação Agropecuária, resultou na proposta de se construir um equipamento que pudesse medir o tamanho ideal das partículas do milho, facilitando o trabalho do produtor e garantindo os melhores resultados dentro da propriedade. O equipamento resultante dessa proposta foi o Granulômetro Embrapa Perozin, que passará a ser produzido em série pela Perozin Indústria Metalúrgica Ltda, a partir de uma parceria com a Embrapa Suínos e Aves. Com a criação do GRANULÔMETRO, o produtor poderá ter o equipamento ao lado do triturador e fazer o ajuste imediato de forma rápida e eficaz, evitando desperdícios. De acordo com os pesquisadores Cláudio Bellaver e Dirceu Zanotto, responsáveis pelas pesquisas que originaram o Granulômetro, não há dúvida de que o equipamento será muito útil para os produtores que formulam a própria ração.

O fornecimento de ração contendo milho com DGM de 509 ou 645 micrômetros, proporciona uma economia compreendida entre 20 a 27 quilos de ração por suíno, comparado ao fornecimento de ração contendo milho com DGM de 799 a 1.026 micrômetros, para mesmos peso e idade de abate. Se apenas 10 % dos suínos abatidos na Região Sul (15,6 milhões em 2000), tivessem sido alimentados com ração cujo DGM estivesse dentro da faixa de 509 a 645 micrômetros e, considerando, também, que a economia de ração fosse de 20 Kg por suíno abatido, teríamos: a) O total de 1,56 milhões de animais beneficiados pela adoção da tecnologia b) Considerando-se o custo médio da ração em R$ 0,243/kg, a economia por suíno terminado seria de R$ 4,86.

A patente PI 9803625 descreve o granulômetro, que utiliza o princípio de que partículas moídas mais finamente tendem a se aproximar da forma esférica reduzindo espaços entre as partículas contíguas. O granulômetro foi proposto aproveitar esse fenômeno na determinação do tamanho das partículas de milho moído. O aparelho é de uso prático em propriedades rurais e pequenas fábricas de rações. É constituído de: a)cilindro de compressão com 26,5 cm x 3,84 cm de comprimento e diâmetro externo, respectivamente; b) êmbolo para comprimir, com 16 cm x 3,20 cm de comprimento e diâmetro, respectivamente; c) bigorna, com 5,4 cm x 7,6 cm de comprimento e diâmetro, respectivamente; d) haste com 71 cm x 1,29 cm de comprimento e diâmetro, respectivamente; e) martelo com peso de 4 Kg, 13 cm x 7,5 cm de comprimento e diâmetro respectivamente; f) retentor, cabo e ponta do cabo, com 15,69 cm de comprimento.

Fonte: http://www.cnpsa.embrapa.br/aunidade/noticias/noticias-2001-09.html
http://www.perozin.com.br/granulometro.htm
http://www.aviculturaindustrial.com.br/dinamica.asp?tipo_tabela=cet&id=983&categoria=equipamento
acesso em fevereiro de 2003
envie seus comentários para otimistarj@gmail.com.


Esta página não é uma publicação oficial da Rede de Tecnologia do Rio de Janeiro, seu conteúdo não foi examinado e/ou editado por esta instituição, tampouco foi realizada qualquer análise de mérito ou técnica nas invenções descritas. A responsabilidade por seu conteúdo é exclusivamente do autor. .