Lava Tênis Lava Tênis Lava Tênis

       




O LAVA TÊNIS é um sistema de lavagem em dispositivo fechado, confeccionado em tecido de nylon emborrachado de alta resistência e revestido internamente com escovas de nylon trançado flexíveis, em disposição "escamada" que são devidamente reforçadas e costuradas no "corpo" do LAVA TÊNIS, o qual possui uma abertura frontal com zíper para a colocação do calçado a ser lavado. Cada LAVA TÊNIS é composto de dois invólucros idênticos que alojam um pé do par do tênis cada. Eles são colocados na máquina de lavar (das do tipo "automático"), e a operação se faz de maneira totalmente convencional, como se estivéssemos lavando uma peça de roupa comum.

O LAVA TÊNIS funciona pela agitação da água no interior da máquina de lavar roupas, que faz com que suas paredes flexíveis se "amoldem" ao tênis que está em seu interior, promovendo assim, a fricção das escovas internas de maneira constante e uniforme, lavando inclusive os pontos mais adentrados, bem como os cordões e a língua. Por serem escovas em nylon trançado, e com disposição "escamada", o desgaste sobre o calçado é bem menor do que o sofrido pela utilização de uma escova comum com cerdas pontiagudas; e o "amortecimento hidrodinâmico" proporcionado pela passagem da água através dos furos, protege os tênis dos movimentos bruscos do agitador da máquina de lavar, e faz a troca de água do interior do LAVA TÊNIS com o interior da máquina.

Através desse processo, após o ciclo de lavagem normal da máquina de lavar roupas, seus tênis sairão limpos e praticamente secos, graças ao processo de centrifugação da máquina de lavar. O sistema de fechamento com zíper não deixa os cordões saírem para fora, evitando que causem danos, como por exemplo, se enrolarem no eixo do agitador podendo causar o travamento do mesmo e de toda a máquina de lavar. O LAVA TÊNIS poderá ser usado em qualquer máquina de lavar do tipo automática. Estão descartadas as máquinas do "tipo tanquinho", com sistema de turbilhamento de água, em virtude destas não possuírem força suficiente para agitar os LAVA TÊNIS promovendo a limpeza necessária.

A durabilidade média apurada em testes, comprova que o LAVA TÊNIS pode ser utilizado por muitos e muitos anos (estima-se mais de 300 lavadas). O LAVA TÊNIS é apresentado em 3 tamanhos: O tamanho P lava do número 25 ao 33; o tamanho M lava do número 34 ao 42 e o tamanho G lava do número 43 ao 45. O Lava Tênis funciona em máquinas de lavar roupas do tipo automática e todo o processo é feito como se estivesse lavando roupas normalmente sem nenhuma adaptação ou recurso extra necessário,sendo que poderão ser lavados até quatro pares de tênis ao mesmo tempo dependendo do tamanho dos mesmos. Este invento já ganhou menção honrosa no XXII concurso do invento brasileiro Premio Governador do Estado de São Paulo de 1995 promovido pelo SEDAI. Foi o único invento independente, naquele ano, a receber a "Menção Honrosa", entre 15 outras criações, todas de inventores pertencentes a grandes companhias e universidades públicas.

Em meados de 1993, o administrador de empresas Samir Remaili, nascido no interior do estado de São Paulo, decidiu criar algo com o qual pudesse lavar seus tênis, sem que tivesse que ir para o tanque esfregá-los. A idéia era evitar todo o “transtorno” que envolve o conhecido processo, como retirar os cadarços, as palmilhas e esfregar individualmente estas e todas as outras partes do tênis, como sola, língua etc. Pensando nisso ele inventou o Lava Tênis: um dispositivo revolucionário para lavar tênis e calçados esportivos, de maneira simples, sem perda de tempo e com resultados absolutamente satisfatórios.

Sua idéia inicial foi a de utilizar a máquina de lavar roupas, um eletrodoméstico prático e robusto, que a grande maioria das pessoas já tem em casa. Se a máquina lava bem as roupas, por que não poderia lavar os tênis? Simples. Ela não foi projetada para isso e quem já se aventurou a fazer a experiência, pôde notar que, além dos tênis não saírem totalmente limpos da máquina, sofrem um desgaste excessivo e podem ser danificados com os golpes do agitador e o atrito com o tambor. A questão era: como aliar a praticidade desse eletrodoméstico que possui toda uma automação própria , a uma lavagem perfeita, eficiente e segura para os tênis?

O desafio era reduzir o impacto dos golpes do agitador e o atrito dos tênis no tambor da máquina, transformando-os em aliados na operação de lavar. Após vários testes, usando diferentes soluções, o empresário chegou à conclusão que o mais eficiente e viável, seria utilizar um sistema de lavar em "dispositivo fechado". Seguindo este raciocínio, Samir Remaili optou por usar invólucros independentes, com formato trapezoidal, dotados de escovas internas e com dimensionamento que permitisse uma relativa movimentação do tênis em seu interior. O próximo passo foi escolher um material suficientemente resistente e flexível, para confeccionar os protótipos, além das escovas internas, que precisaram ser criadas especificamente para este fim, pois não existia nada semelhante no mercado. Os testes passaram por escovas flexíveis em nylon com cerdas pontiagudas, posteriormente com cerdas em "loop" arredondado, até chegar nas escovas com cerdas em nylon trançado, dispostas em "perfil escamado".

O invento resultou em um produto confeccionado em material emborrachado de alta resistência, composto de dois invólucros idênticos, com abertura frontal e fechamento por zíper, onde os tênis são acondicionados. As escovas internas do Lava Tênis, de nylon trançado e flexível, são dispostas em "perfil escamado", produzindo sobre o calçado um desgaste bem menor que uma escova comum, de cerdas pontiagudas. A lavagem é feita em qualquer máquina de lavar roupas automática (agitação ou tombamento), com sabão em pó comum, de maneira totalmente convencional, como se estivesse lavando qualquer peça de roupa. A agitação da água, no interior da máquina, faz com que as escovas dos dispositivos se amoldem aos tênis, permitindo uma lavagem uniforme, inclusive de pontos mais adentrados da sola lateral, parte superior, língua e cadarços, que não precisam ser retirados.

O sistema de "amortecimento hidrodinâmico", que protege os calçados dos movimentos bruscos do agitador e do atrito com as paredes do tambor, é proporcionado por furos dimensionados, que promovem a troca de água no interior do Lava Tênis. Terminada a operação, os tênis sairão do Lava Tênis totalmente limpos, preservados e, graças à centrifugação, praticamente secos.

Com uma construção robusta e reforçada, o Lava Tênis poderá ser usado por mais de 300 vezes, o que significa que, utilizados a cada quinze dias, por exemplo, terá durabilidade superior há 5 anos. Numa mesma operação é possível lavar até três pares de tênis, dependendo da numeração que apresentam e desde que se possua um Lava Tênis para cada par de calçado. É um produto de grande utilidade e de fácil manuseio, com uma ótima relação custo benefício, o que o torna um produto com perspectivas altamente vendáveis. A empresa Wash&clean, de propriedade de Samir Remaili - que detém a carta patente do invento, junto ao INPI - está, atualmente, desenvolvendo o maquinário específico e necessário para a produção do Lava Tênis em série e larga escala.

Fonte: http://www.lavatenis.com.br/
Agradeço ao inventor Samir Remaili (samir.remaili@terra.com.br) pelo envio de informações em setembro de 2004 para composição desta página.
envie seus comentários para otimistarj@gmail.com.


Esta página não é uma publicação oficial da Rede de Tecnologia do Rio de Janeiro, seu conteúdo não foi examinado e/ou editado por esta instituição, tampouco foi realizada qualquer análise de mérito ou técnica nas invenções descritas. A responsabilidade por seu conteúdo é exclusivamente do autor. .