Sistema de Telecomando Centralizado Sistema de Telecomando Centralizado Sistema de Telecomando Centralizado

       




O Cepel desenvolveu o STC para controlar cargas e medidores de energia elétrica apropriados para multitarifação. Estes sistema atende programas de gerenciamento pelo lado da demanda - GLD com ênfase no horário de ponta. O Sistema de Telecomando é baseado em dois enlaces de comunicação: rádio e rede de distribuição de baixa tensão. O primeiro enlace utiliza um ponto central, uma emissora de rádio comercial de ondas médias, para difusão do sinal até equipamentos localizados junto aos transformadores de distribuição de média para baixa tensão.

O sinal de telecomando, após a decodificação pelo receptor de rádio, é injetado no secundário do transformador de distribuição, sendo transmitido via onda portadora na própria rede de baixa tensão até as cargas ou medidores para multitarifação. Este processo permite o desligamento de cargas nos horários de ponta e/ou a aplicação de tarifas diferenciadas (tarifa amarela). As vantagens do STC são o baixo custo de implantação e facilidade de expansão, facilidade de instalação física, utilização de equipamentos simples de baixo custo e uso de emissora comercial com garantia de ampla cobertura e alta confiabilidade.

Além disso, o sistema dispensa investimentos em obras civis e modificações em subestações. A tecnologia deste Sistema foi transferida para a empresa T&T Company do Brasil que o comercializa e atualmente controla cerca de 6.000 consumidores e se prepara para implantar mais 2.000. O Cepel provê suporte às concessionárias para instalação e operação do STC e estruturação do programa de GLD como um todo, incluindo determinação de curvas de carga, análise econômica de medidas aplicáveis, monitoração entre outros.

A patente PI 9803488-0 revela um sistema de telecomando para controle remoto de cargas elétricas compreendendo uma central de controle para enviar um sinal através de qualquer meio de comunicação; uma emissora de rádio para receber e codificar o sinal para transmissão na faixa de ondas médias; um receptor de rádio para decofificação do sinal de telecomando enviado pela emissora de rádio; e um transmissor de onda portadora para envio ao receptor de telecomando de sinal em baixas freqüências na rede de distribuição de energia de baixa tensão para controle de carga elétrica; um receptor de telecomando para comutação da carga a ser controlada, o transmissor de onda portadora possuindo facilidade para fixação em um ponto de rede de distribuição de energia elétrica ou transporte por um usuário, de acordo com sua conveniência, para acoplamento de forma liberável em um ponto escolhido em uma rede de distribuição de energia elétrica. O receptor de rádio e o receptor de telecomando capazes de possuir em seus respectivos microcontroladores uma memória não-volátil para armazenamento de um processo ordenado de interpretação dos comandos de parametrização recebidos.

Fonte:
http://www.cepel.br/2/2_5produtos/2_5_4telecomando/2_5_4telecomando.html

acesso em novembro de 2002
envie seus comentários para otimistarj@gmail.com.


Esta página não é uma publicação oficial da Rede de Tecnologia do Rio de Janeiro, seu conteúdo não foi examinado e/ou editado por esta instituição, tampouco foi realizada qualquer análise de mérito ou técnica nas invenções descritas. A responsabilidade por seu conteúdo é exclusivamente do autor. .