Milkan Ordenhadeira Milkan Ordenhadeira Milkan Ordenhadeira

       




Produzido em plástico, o novo Milkan Ordenhadeira permite visualizar o nível do leite enquanto é ordenhado, evitando o transbordo ou o retorno do leite para a bomba de vácuo. Devido a transparência do Milkan Ordenhadeira, o funcionário não precisa ficar interrompendo o trabalho para verificar o nível do leite, ganhando tempo e maior produtividade no dia-a-dia. O Milkan Ordenhadeira foi desenvolvido para atender a uma solicitação dos clientes da Unipac. O rpoduto armazena o leite extraído da vaca até sua transferência aos reservatórios refrigerados. O recipiente de plástico translúcido, com capacidade de armazenagem de até 40 litros, possui escala de graduação de cinco em cinco litros, para que os produtores possam enxergar o nível de leite.



Para desenvolver um recipiente resistente ao vácuo e que não amassa mesmo sob severas condições de uso foram realizads pesquisas durante quatro anos e estudos intensos por oito meses. O resultado é um produto em plástico que não enferruja e nem amassa como os similares disponíveis no mercado. Além da escala de graduação, o Milkan Ordenhadeira reúne outras vantagens como translucidez, para facilitar a visualizaçao do leite enquanto é ordenhado, evitando o transbordo ou o retorno do leite para a bomba de vácuo, levez, praticidade e foi planejado para atender o pordutor, que utiliza o sistema de ordenha mecãnica.

O Milkan ordenhadeira tem peso médio de 5,5 kg e, para sua limpeza, basta vapor dágua (água quente) e escovas macias. Não é indicado o uso de materiais abrasivos, como escovas ou palhas de aço. O produto possui aditivação anti0UV e prazo de garantia de um ano. ressalto que as embalagens plásticas para transporte de leite estão entre as grandes inovações porduzidas pela UNIPAC ao longo dos seus mais de 30 anos. Na época em que o plástico era um material pouco conhecido e muito desacreditado, a empresa derrubou muitos vasilhames no chão, para provar que era resistente.

A tampa autolacrável de rosca com lacre e 63mm de diâmetro é propria para fechamento de embalagens para a indústria química e agroquímica. A tampa apresenta características que aumental a proteção contra abertura involuntária ou violação, e oferecem maior segurança e conforto ao usuário. Além disso, a solução criada reduziu em cerca de 20% o peso das tampas, se comparado com as similares disponíveis no mercado. Fabricadas em polipropileno (PP) as tampas são feitas pelo processo de injeção e possuem lacre alinhado ao anel, unido por pontos de ligação com inclusão do sistema de arraste, o que proporciona abertura mais fácil, até manual, e que suporta o torque elevado de fechamento, mesmo em rosqueadeiras automáticas. a adição de reforço no anel de vedação evita a subida do anel do lacre, o que impede a violação do produto. A inclusão de pinças para fixação do selo alumínio de segurança elimina a necessidade de cola. Tais características favoreceram o uso desse tipo de produto por outros segmentos industriais, como ocorre com a indústria veterinária, e agregam valor aos vasilhames que as acompanham.



O MU8600826 refere-se a DISPOSIÇÃO CONSTRUTIVA EM TAMPA DE ROSCA COM LACRE, do tipo que compreende um corpo tubular com sua borda superior fechada e sua borda inferior aberta, com a face interna de sua parede vertical anelar provida de passo de rosca compatível com o passo de rosca existente externamente ao gargalo do recipiente a ser fechado por essa tampa. A tampa (10) é provida em sua borda inferior circular de um anel intermediário concêntrico (2) de maior diâmetro, o qual é solidário e incorporado à referida tampa (10) por meio de reforços do tipo mão francesa (3); sendo que esse anel intermediário concêntrico (2) recebe em sua borda inferior um anel delgado de mesmo diâmetro e concêntrico, definindo uma cinta de lacre (4) que é interligada ao anel intermediário (2) através de pontos de ligação (5) localizados na borda superior da cinta de lacre (4); sendo que na face interna dessa cinta de lacre (4) são incorporadas palhetas oblíquas (6) de rompimento do lacre que se projetam para dentro do corpo da tampa (10) para interagir com uma correspondente projeção radial de engate ou catraca (7) incorporada na base inferior e externa do bocal do recipiente (8).

O Milkan ordenhadeira com escala de graduação foi desenvolvido para atender a uma solicitação dos clientes UNIPAC. A empresa já comercializava o produto sem graduação, mas os produtores externaram a necessidade de enxergar o nível de leite ae ter uma noção de quanto havia no recipiente. Além disso, queriam um produto mais leve para o manuseio diário. o melhor de tudo é que as modificações não aumentaram o valor final do produto. O Milkan ordenhadeira com escala de graduação está disponível em todo o Brasil desde outubro de 2005 ao passo que as tampas autolacráveis de rosca com lacre de 63mm de diãmetro foram lançadas no mercado nacional em dezembro de 2006. O Milkan ordenhadeira representou um incremento em torno de 5% neste segmento e superou as metas. A empresa comercializou 100% a mais do que sua expectativa inicial. A prodção das tampas autolacráveis de rosca com lacre de 63mm de diãmetro aumentou em 9% a participação da UNIPAC neste segmento em 2007.



O pedido MU8500224 refere-se a "DISPOSIÇÃO CONSTRUTIVA EM RECIPIENTE PARA ORDENHADEIRA MECÂNICA". Que compreende um corpo com um bocal ou gargalo de acesso superior, confeccionado em material termoplástico ou termofixo, por meio de processos de sopro, termoformagem, rotomoldagem, injeção ou qualquer outro processo que permita a manufatura de um corpo. Esse corpo (10) apresenta uma conformação substancialmente esférica ou cilíndrica com uma base provida de um anel (2) de apoio ao solo, sendo que a face inferior (3) propriamente dita é definida uma superfície convexa (4), no lado interno ao recipiente; sendo que bocal (5) do corpo (10) apresenta uma rosca interna (6) para receber uma tampa de fechamento hermético; sendo ainda provido no bocal (5) um estreitamento diametral (7) que garanta uma maior resistência da região quando o recipiente (10) é submetido a pressão negativa; sendo que referido bocal (5,6) admite ainda o acoplamento da tampa da ordenhadeira na qual são fixados os tubos de vácuo e os tubos de entrada do leite ordenhado; sendo ainda provido verticalmente nas paredes (1) do recipiente (10), pelo menos, um visor (8) de nível de leite contido ou o recipiente moldado inteiramente em material transparente; sendo que na parte superior do corpo (10) são providas duas alças articuláveis (9, 9a) soldadas no corpo do recipiente (10).

Teruaki Mogui é formado como técnico industrial e administração de empresas com pós graduação em gestão empresarial pela Fndação Dom Cabral em Belo Horizonte. Realizou o pós MBA na Kellog University (EUA) e especializou-se em plásticos na Alemanha com atuação de mais de 30 anos do desenvolvimento de produtos em termoplásticos. Ingressou no grupo jacto da qual a UNIPAC faz parte em 1972. Atualmente é o diretor de pesquisa e desenvolvimento do Departamento de Desenvolvimento de Novos Produtos e Processos e Materiais da UNIPAC.

A Unipac Indústria e Comércio Ltda. é uma empresa do Grupo Máquinas Agrícolas Jacto, nasceu da necessidade de fabricar em plástico o depósito de pulverizador 20 litros. O depósito do pulverizador era até então fabricado com chapa de latão. Era dobrada e soldada com solda a base de estanho. Devido a utilização de defensivos agrícolas cada vez mais agressivos o depósito não resistia. Após uma pesquisa a nível mundial, encontramos a solução no plástico com tecnologia alemã. Em 1965, chegava a primeira máquina com capacidade para soprar um artigo de até 30 litros. Na época, considerada a maior máquina de "blowmolding" conhecida. O plástico não tinha um conceito popular bom, porque os artigos fabricados até então, eram muito frágeis, e o primeiro pulverizador de plástico teve muita dificuldade na sua introdução.

Fonte: http://www.unipac.com.br/historico.asp
acesso em junho de 2008
Agradeço ao INPI/FINEP pelo envio de informações em junho de 2008 para composição desta página
acesso em junho de 2008
envie seus comentários para otimistarj@gmail.com.


Esta página não é uma publicação oficial da Rede de Tecnologia do Rio de Janeiro, seu conteúdo não foi examinado e/ou editado por esta instituição, tampouco foi realizada qualquer análise de mérito ou técnica nas invenções descritas. A responsabilidade por seu conteúdo é exclusivamente do autor. .